(82) 3032-7737
(82) 99394-2440

PROJETO TIRO LIMPO

RELATÓRIO PROJETO TIRO LIMPO 2020/2022- Fossa Olímpica

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

RELATÓRIO PROJETO TIRO LIMPO 2020/2022- Fossa Olímpica
Em 2019, o Clube Alagoano de Tiro olímpico- CATO iniciou o Projeto Tiro Limpo. O projeto
consiste, em resumo, na preparação técnica de equipe de Tiro ao Prato Olímpica, disciplina de Fossa
Olímpica (Olympic Trap) para participação do Campeonato Brasileiro da modalidade e do Campeonato
Brasileiro Interclubes – CBIs.
Tais campeonatos são organizados pela CBTE—Confederação Brasileira de Tiro Esportivo.
Em 2020 e 2021, em virtude da Pandemia que assolou o mundo, o Campeonato foi
prejudicado, porém existiu, em cada ano, 06 etapas. Em 2020, tivemos a participação de 11 atletas
masculino representando o Clube Alagoano de Tiro Olímpico, em 05 etapas mais a final, com uma
media de 98 pratos quebrados. É importante frisar que, neste ano, foi o inicio dos trabalhos técnicos
do Projeto. Os atletas não conheciam a modalidade e o clube, através do projeto Tiro Limpo, trouxe o
Técnico Roberto Schmits, através de parceria com a empresa MHSConsult, para orientação de seus
atletas, além de melhorar seu parque esportivo com a aquisição, junto a Secretaria de Esporte, Lazer
e Juventude- SELAJ, do Estado de Alagoas de um conjunto de maquinas automáticas, para
proporcionar aos atletas um condição de treinamento compatível com qualquer lugar do mundo, o
que favoreceu, sobre maneira, o aumento técnico dos atletas.

Outra informação importante é que, neste esporte, o atleta é seu próprio patrocinador, ou
seja, para pratica do tiro ao Prato Olímpico, em virtude dos altos custos dos insumos (Cartuchos e
Pratos), o clube não tem condições financeiras de fornecer aos atletas estes insumos, tendo o atleta
que arcar com esses custos que gira em torno de R$ 3,00 o cartucho e R$ 1,20 os pratos. Então, para
se ter um treinamento compatível com grandes atletas da modalidade, o atleta tem que realizar um
gasto de 1000 cartuchos mensais e 1000 unidades de prato. Além disso, o atleta, para competir tem
que arcar com os custos de transporte (passagens aéreas), hospedagem, alimentação, inscrição na
prova, treinamento e insumos, tudo as suas custas. Para minimizar tais custos, o Clube alagoano de
Tiro Olímpico se associou ao Comitê Brasileiro de Clubes-CBC, para obter alguns benefícios do
projeto de formação de atletas, dentre eles, material de consumo, equipe multidisciplinar e passagens
aéreas para participação de algumas etapas do Campeonato Brasileiro e do Campeonato Brasileiro
Interclubes.
Voltando a preparação técnica da Equipe, em 2020, mesmo com a pandemia, tivemos
treinamento técnico com os atletas, visando a preparação destes para o campeonato, iniciando um
trabalho especifico, direcionados aos fundamentos técnicos, obtendo, já este ano, um aumento de
suas pontuações médias, o que pode ser sentido no gráfico abaixo, onde da 1ª etapa, saímos de uma
media de 96 pontos para 110 na 5ª Etapa, tendo Clube, neste ano de 2021, ficado em 3º lugar no
Campeonato Brasileiro Interclubes, conforme Ranking da CBTE.

 

RELATÓRIO PROJETO TIRO LIMPO 2020_2022

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email

Deixe o seu comentário!

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.